Mais de 80 empresas portuguesas na maior feira de calçado do mundo em Milão

Mais de 80 empresas portuguesas na maior feira de calçado do mundo em Milão

 

AOnline/LUSA   Economia   14 de Fev de 2015, 10:06

A comitiva portuguesa na maior feira de calçado de mundo, a MICAM, é composta por 84 empresas, sete estreantes, certame que decorre de domingo a quarta-feira em Milão, Itália, e que no primeiro dia conta com a presença de Paulo Portas.

De acordo com a Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), "Portugal continua a reforçar a presença na maior feira de calçado do mundo" e, no total de mais de 1600 expositores de cerca de 50 países, a delegação nacional será a segunda maior estrangeira na feira, apenas ultrapassada pela Espanha.

No primeiro dia da MICAM, domingo, o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, vai visitar a delegação nacional presente na feira, comitiva oficial que contará ainda com a presença do Embaixador de Portugal em Roma e dos presidentes da AICEP, do COMPETE e do IAPMEI.

Nesta edição da MICAM - que pela primeira vez decorre em fevereiro, numa lógica de antecipação de datas que se tem vindo a verificar no plano internacional - das 84 empresas de calçado portuguesa presentes, sete são estreantes, estando assim a iniciar o processo de internacionalização

Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da APICCAPS, Paulo Gonçalves, sublinhou que "a presença na MICAM é fundamental" uma vez que se trata do "maior e mais prestigiado certame profissional do mundo que permite contactar tanto com potenciais compradores europeus, como de praticamente todo o mundo".

"Importa realçar que Portugal exporta mais de 95% da sua produção para 150 países, nos cinco continentes e tem vindo a reforçar a presença nesta feira, não só ao nível do número de empresas, como do aumento de espaços", acrescentou.

Segundo dados disponibilizados pela APICCAPS, as exportações portuguesas de calçado crescerem 7,7% em 2014, tendo sido o quinto ano consecutivo de crescimento, que atingiu "um novo máximo histórico".

"No ano passado, Portugal exportou sensivelmente 90 milhões de pares de calçado, no valor de 1.870 milhões de euros", acrescenta.

A associação do setor acrescenta ainda que as exportações estão a crescer em praticamente todos os mercados, nomeadamente na Europa, com um acréscimo de 7,2% para 1623 milhões de euros.

Já fora da Europa, onde o crescimento é superior a 10%, destaque para os desempenhos nos EUA, Angola, Canadá e Austrália.

Também a China, a Colômbia e o Japão começam a merecer um destaque no mapa das exportações do calçado português.

Na última edição da MICAM, em agosto, a APICCAPS estabeleceu o objetivo dos 2.000 milhões de euros de exportações este anos, pretendendo ainda reforçar a mão-de-obra em Portugal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.