Mais de 620 trabalhadores da Segurança Social sobem hoje na carreira


 

Lusa/AO Online   Economia   1 de Set de 2016, 06:56

Mais de 620 trabalhadores do Instituto da Segurança Social (ISS) vão hoje aceder a carreiras superiores, de acordo com as suas atuais habilitações, graças à mobilidade intercarreiras, apesar do congelamento que vigora na função pública.

 

O procedimento de mobilidade entre carreiras foi aprovado em junho pelo ISS e pelo Ministério do Trabalho e Segurança Social e vai permitir que 450 trabalhadores, que eram assistentes técnicos nos centros distritais de Segurança Social, passem para a carreira de técnico superior, porque entretanto se licenciaram.

Os restantes trabalhadores que vão beneficiar da mobilidade entre carreiras eram assistentes operacionais e passam hoje para assistentes técnicos, porque completaram o 12ªano de escolaridade.

"Consideramos muito positivo este processo e reconhecemos a vontade do Ministério do Trabalho em valorizar os trabalhadores que quiseram valorizar-se", disse à agência Lusa o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores da administração Pública, José Abraão.

O sindicalista defendeu que os restantes trabalhadores do ISS devem também ser "alvo de reconhecimento e valorização profissional, nomeadamente através do descongelamento das progressões nas carreiras".

"Esperamos também que os restantes ministérios tenham iniciativas idênticas", disse José Abraão.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.