Mais de 600 eventos celebram o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Mais de 600 eventos celebram o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   18 de Abr de 2018, 09:26

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é assinalado hoje, sob o mote “Património Cultural: de Geração para Geração”, prevendo-se "mais de 600 atividades", organizadas por 540 entidades em 160 concelhos, divulgou a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).

Entre visitas guiadas, exposições, concertos, roteiros culturais, a DGPC prevê uma adesão de 100 mil pessoas às diferentes iniciativas.

A celebração, cujo mote foi dado pelo Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS), acontece em pleno Ano Europeu do Património Cultural, para o qual a respetiva plataforma eletrónica regista “mais de 800 atividades programadas”.

Para a DGPC, estes números refletem a “ampla adesão do setor público e privado” à programação do Ano Europeu do Património Cultural.

A diretora-geral do Património Cultural, Paula Araújo da Silva, participa hoje, às 10:00, em Vila Nova de Foz Côa, na Beira Alta, num debate intitulado “Dinâmicas Intergeracionais do Património Cultural”, seguindo-se uma visita guiada ao Museu do Côa e às gravuras rupestres.

"Um outro debate alusivo a esta temática" realiza-se também hoje, mas às 18:00, no auditório do jornal Público, em Lisboa, moderado pela jornalista Isabel Salema, com a participação do arquiteto José Aguiar, da Faculdade de Arquitetura, a historiadora de arte Raquel Henriques da Silva e o diretor do Museu Nacional de Arqueologia, António Carvalho.

“A filosofia subjacente à celebração do Ano Europeu do Património Cultural em Portugal radica no envolvimento da sociedade civil à escala local, regional e nacional, cobrindo o vasto leque do património cultural”, afirma a DGPC, que define o seu papel - “o de lançar as bases para transformar esta celebração europeia num projeto altamente participado, com um programa aberto e em permanente atualização, desde 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2018”, segundo a mesma fonte.

Relativamente ao Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, a DGPC afirma que “o conceito” do mote - “Património Cultural: de Geração para Geração” - “assenta na própria definição de património cultural, enquanto legado de artefactos e construções físicas e atributos intangíveis de um grupo ou sociedade, herdados de gerações passadas, mantidos no presente e transmitidos para o benefício de gerações futuras”.

O propósito de “reforçar a consciência da necessidade de preservação do património, assente no pressuposto de que é necessário conhecer para preservar e preservar para transmitir é, por isso, tarefa fundamental num presente assombrado por contradições e incertezas, em que a cultura pode constituir um capital fundamental para um futuro mais justo e mais diverso”, adianta a DGPC.

"Em colaboração com o ICOMOS Portugal”, a DGPC traça a sua missão: “Promover a divulgação deste tema com a finalidade de impulsionar o diálogo intergeracional enquanto ferramenta de conhecimento, de desenvolvimento e de diversidade”.

A programação do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios pode ser consultada através do 'site' da DGPC, www.patrimoniocultural.gov.pt/pt.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.