Aumento das exportações vai ser decisivo para receber apoios comunitários

Aumento das exportações vai ser decisivo para receber apoios comunitários

 

Lusa/AO Online   Nacional   30 de Dez de 2014, 12:40

O aumento das exportações vai ser um dos critérios usados para avaliar o mérito das empresas apoiadas com fundos comunitários, disse o secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, no dia em que abriram os primeiros concursos para PME.

Segundo Pedro Gonçalves, os concursos, num valor total de 95 milhões de euros, destinam-se a projetos conjuntos e visam o apoio à internacionalização (70 milhões de euros) e a qualificação (25 milhões de euros)

Vão estar abertos entre 30 de dezembro e 13 de fevereiro, sendo as decisões sobre as candidaturas tomadas até maio e prevendo-se que os pagamentos cheguem no primeiro semestre do ano.

No caso do primeiro concurso, que tem um limite de 7,5 milhões de euros, um dos objectivos globais vai ser o aumento do volume de exportações.

O secretário de Estado afirmou que será feita uma avaliação do volume de exportações das empresas candidatas, antes e depois de receberem os fundos comunitários, sendo este critério determinante para manter os apoios.

Quanto ao concurso destinado ao apoio à qualificação de empresas, terá um limite de três milhões de euros.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.