Mais de 2.800 condutores apanhados pela GNR em excesso de velocidade no Natal

Mais de 2.800 condutores apanhados pela GNR em excesso de velocidade no Natal

 

Lusa/AO online   Nacional   27 de Dez de 2017, 14:57

A GNR registou 2.825 infrações por excesso de velocidade e 308 por condução sob a influência do álcool durante os cinco dias da operação “Natal Tranquilo”, indicou hoje a corporação.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que, dos 308 condutores apanhados com álcool, 93 tinham uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 gramas por litro, o que constitui um crime.

Durante a operação “Natal Tranquilo”, que decorreu entre 22 e 26 de dezembro, os militares da GNR detetaram ainda 211 infrações por utilização do telemóvel durante a condução e 196 devido à incorreta ou não utilização do cinto de segurança.

Durante os cinco dias da operação “Natal Tranquilo”, a GNR registou 933 acidentes rodoviários, que provocaram sete mortos, 19 feridos graves e 299 feridos ligeiros.

Aquela força de segurança intensificou, entre 22 a 26 de dezembro, em todo o país, o patrulhamento rodoviário nas estradas de maior tráfego na altura do Natal.

Os militares mobilizados nesta operação tiveram como prioridade a prevenção da sinistralidade rodoviária, “garantindo a fluidez do tráfego e apoio a todos os utentes das vias, no sentido de lhes proporcionar uma deslocação em segurança”, refere ainda a GNR, em comunicado.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.