Mais de 11% do crédito ao consumo é malparado

Mais de 11% do crédito ao consumo é malparado

 

Lusa/AO online   Economia   20 de Dez de 2012, 11:10

O crédito ao consumo concedido pela banca portuguesa aos particulares continuou a diminuir em outubro, e a proporção de créditos malparados voltou a bater um novo recorde, segundo dados divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

Os números do boletim estatístico do BdP mostram que 11,4% dos empréstimos com vista ao consumo são já considerados de cobrança duvidosa. Este número é um máximo histórico - ainda há um ano, o malparado entre o crédito ao consumo estava abaixo de 10%.

Os níveis habituais de incumprimento no crédito ao consumo em Portugal na última década rondavam os 5%.

A evolução recente do crédito ao consumo segue duas tendências. Por um lado, o crédito total concedido pela banca encolheu muito rapidamente. Em ano e maio, o 'stock' de crédito ao consumo reduziu-se 11,8%.

Por outro lado, o montante de crédito ao consumo de cobrança duvidosa tem vindo a subir rapidamente. Em maio do ano passado, havia 1.343 milhões de euros em créditos ao consumo malparados; em outubro, esse montante tinha subido para 1.539 milhões, um crescimento de 15% em apenas ano e meio.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.