Maioria dos britânicos prefere príncipe Guilherme como próximo rei


 

Lusa/AO   Internacional   28 de Dez de 2007, 08:27

A maioria dos britânicos prefere o príncipe Guilherme como próximo rei em vez do seu pai, o príncipe Carlos e actual herdeiro da Coroa, de acordo com uma sondagem divulgada hoje no Reino Unido.
A sondagem, realizada pelo canal televisivo Discovery Channel entre 1.004 adultos, indica que mais de metade dos entrevistados quer que Guilherme, de 25 anos e segundo na linha de sucessão, seja o substituto da rainha Isabel II.

    A popularidade do filho mais velho da princesa Diana é maior entre os jovens, 70 por cento dos entrevistados entre os 18 e os 24 anos, e decai para 47 por cento entre os inquiridos com idades entre os 55 e os 64 anos.

    Contudo, 81 por cento dos entrevistados não deseja que Isabel II, que há poucos dias fez 81 anos e se converteu na monarca britânica com maior longevidade, abandone o trono.

    A noiva do príncipe Guilherme, Kate Middleton, de 25 anos, surge também com bons níveis de popularidade neste estudo, dado que 80 por cento considera que faria uma boa adição à realeza britânica.

    A actual mulher do príncipe Carlos tem menos apoio do público, sendo que apenas 42 por cento vê Camila Parker Bowles como uma boa embaixadora da família real.

    Esta sondagem mostra ainda que 68 por cento confessa sentir ainda mais admiração pela defunta princesa Diana de gales, ex-mulher do príncipe Carlos.

    Outro dado do estudo revela que mais de 70 por cento dos inquiridos apoiam a monarquia parlamentar como sistema do governo, em oposição aos 16 por cento que se inclinam para um regime republicano.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.