Mau Tempo na Madeira

Madeirenses mostram resistência em regressar às suas casas


 

Lusa / AO online   Nacional   10 de Mar de 2010, 09:29

A vereadora da câmara do Funchal, Rubina Leal, revelou que alguns dos desalojados do temporal que assolou a Madeira a 20 de Fevereiro estão a demonstrar resistência no regresso às suas habitações.
Em declarações à agência Lusa, a autarca responsável pelo pelouro social do Funchal explicou que foram realojadas até ao momento no concelho 155 pessoas afectadas pela intempérie que provocou 43 mortos, oito desaparecidos e 600 desalojados, além de avultados danos materiais.

Rubina Leal sustenta que este é o "stress pós-traumático não é ficção, mas uma realidade", pois muitos passaram por situações muito complicadas, sendo esta "uma forma de ansiedade que as impede de regressar às suas origens porque foram alvo de uma catástrofe natural".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.