Madeira reduziu passivos em 61 ME entre o final de 2014 e maio

Madeira reduziu passivos em 61 ME entre o final de 2014 e maio

 

LUSA/AO online   Economia   30 de Jun de 2015, 19:58

O Boletim de Execução Orçamental hoje divulgado pelo Governo da Madeira dá conta de que até 31 de maio, em relação a 31 de dezembro de 2014, a região reduziu os passivos em 61 milhões de euros.

O boletim, divulgado pela Secretaria Regional das Finanças e Administração Pública, indica que, no mesmo período, os pagamentos em atraso diminuíram 27,5 milhões de euros.

"Desde o início do Programa de Ajustamento Económico Financeiro da Região Autónoma da Madeira (PAEF-RAM), e considerando o mesmo universo de entidades, o passivo foi reduzido em 1.668 milhões de euros e os pagamentos em atraso em 830,7 milhões de euros", refere o boletim.

A publicação periódica realça que a 31 de maio de 2015 o saldo global consolidado dos organismos com enquadramento no perímetro da Administração Pública Regional era deficitário em 91 milhões de euros.

O saldo primário ascendia a -49,5 milhões de euros e o saldo de capital era "deficitário em 54,4 milhões de euros, face a uma despesa efetiva de 531,2 milhões de euros e a uma despesa primária de 489,7 milhões de euros”. A receita efetiva ascendia a 440,2 milhões de euros.

"Se aos valores da execução orçamental consolidada forem excluídos os pagamentos de dívidas de anos anteriores, que totalizaram 123,9 milhões de euros, o saldo primário é positivo em 71 milhões de euros e o saldo global é de +32,9 milhões de euros, o que denota que a região está a utilizar receita própria para pagar encargos assumidos e não pagos em anos anteriores", conclui-se.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.