Madeira com ocupação hoteleira acima do 92% no fim de ano

Madeira com ocupação hoteleira acima do 92% no fim de ano

 

Lusa/AO Online   Economia   27 de Dez de 2016, 15:49

Uma sondagem efetuada pela Direção Regional de Turismo da Madeira aponta para uma ocupação hoteleira na região autónoma acima dos 92% no fim de ano, pelo que será a mais alta dos últimos seis anos, segundo o executivo madeirense.

 

"É mais uma excelente notícia e é, sem dúvida, a melhor forma de encerrarmos um ano que tem sido de crescimento a todos os níveis, neste setor, o que nos deixa altamente satisfeitos, confiantes e, naturalmente, motivados para o futuro", disse o secretário regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, citado em comunicado.

Comparativamente à auscultação realizada no mês de novembro, por ocasião da apresentação do programa oficial de Natal e fim de ano, verificou-se um aumento de 2 pontos percentuais na estimativa, situando-se agora nos 92%.

"Trata-se da melhor ocupação aferida nos últimos seis anos, superior à de 2015, estimada em 91%, e à de 2014, que rondou os 90%, e bem distante daquelas que foram apuradas, em 2010, 2011 e 2012 - 77%, 66% e 78%, respetivamente", refere o comunicado.

A confirmar-se esta previsão, “estamos a falar da melhor ocupação do destino, nesta data, nos últimos anos, o que, obviamente, nos faz encerrar este que é o melhor ano de sempre para o turismo da Madeira com resultados expressivos que, deixando-nos satisfeitos, são, sem dúvida, a melhor forma de homenagear todos aqueles que trabalham neste setor", sublinha Eduardo Jesus.

O secretário da Economia, Turismo e Cultura salienta, ainda, que o objetivo para 2017 é manter os níveis de ocupação e a tendência de crescimento no preço com que, atualmente, se vende a Madeira e o Porto Santo.

"É a melhor forma de valorizar o setor, de valorizar as unidades que compõem a oferta e, simultaneamente, permitir que o destino tenha, no futuro, capacidade de investimento na sua requalificação, garantindo-se, assim, uma capacidade de resposta e uma correspondência à expetativa das pessoas que nos procuram", reforça o governante.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.