Desporto

Lusitânia falha acordo com credores

Lusitânia falha acordo com credores

 

Lusa / AO online   Futebol   27 de Jan de 2010, 17:20

 A Comissão Executiva do Lusitânia de Angra do Heroísmo falhou o estabelecimento de um acordo com os credores para a viabilização de um dos mais emblemáticos clubes desportivos dos Açores e vai abandonar funções.
Segundo adiantou esta quarta-feira à Agência Lusa João Meneses, porta-voz da equipa que dirige Lusitânia desde há dois anos, os destinos do clube, envolvido na Liga profissional de basquetebol e na III Divisão Série Açores em futebol, está agora "nas mãos da Assembleia Geral", que se reúne na próxima sexta-feira, em Angra do Heroísmo.

"Não temos condições para manter o clube aberto", afirmou, admitindo como cenário possível a aprovação de um pedido de insolvência.

Apesar de ter baixado nos últimos dois anos de 4,5 para cerca de três milhões de euros, a dívida do Lusitânia supera em muito o seu património, avaliado em 1,5 milhões de euros, e os credores do clube pretendem proceder à execução de penhoras.

Finanças, Segurança Social, uma agência de viagens e uma empresa de construção civil concentram a quase totalidade das dívidas do clube.

Fundado em Junho de 1922, o Lusitânia agrega um total de cerca de 500 atletas e foi a primeira equipa açoriana a ingressar nos campeonatos nacionais de futebol (época 1978/79).

Antigo rival do Santa Clara, actual segundo classificado da Liga de Honra, conquistou por 21 vezes o campeonato açoriano de futebol e obteve 38 títulos de Campeão da Ilha Terceira na mesma modalidade.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.