Brasil

Lula da Silva quer retomar diálogo com as Honduras


 

Lusa / AO online   Internacional   19 de Fev de 2010, 17:30

O Brasil vai defender durante a II Cimeira América Latina e Caraíbas (CALC) e a XXI Cimeira do Grupo do Rio, que se realizarão no México, segunda e terça-feira, o reingresso das Honduras na Organização dos Estados Americanos (OEA).
"O Presidente (Lula da Silva) continua preocupado com a questão do precedente de ruptura institucional, mas acha importante o retorno das Honduras à OEA", afirmou hoje o porta-voz da Presidência do Brasil, Marcelo Baumbach, enfatizando que as cimeiras são uma ocasião privilegiada para discutir a situação hondurenha.

Segundo o porta-voz, o Presidente brasileiro "não quer que perdure uma situação de ruptura do diálogo" com o Governo de Porfirio Lobo, eleito a 29 de Novembro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.