Luís Paulo Alves alerta para apoios a "paragens temporárias" para salvaguardar recursos nas pescas

Luís Paulo Alves alerta para apoios a "paragens temporárias" para salvaguardar recursos nas pescas

 

Lusa / AO online   Regional   6 de Out de 2012, 18:24

O deputado do PS ao Parlamento Europeu Luís Paulo Alves alertou hoje para a necessidade de serem garantidos, na nova Política Comum de Pescas (PCP), apoios aos pescadores obrigados a "paragens temporárias" da atividade para proteção de recursos.

 

Tendo em conta a particular importância atribuída pela Comissão Europeia na proposta de revisão da PCP a uma “exploração sustentável de recursos”, importa “salvaguardar os rendimentos dos pescadores face às limitações que essa orientação implica”, declarou o eurodeputado socialista, depois de uma reunião com dirigentes do setor na ilha do Pico.

Em declarações à agência Lusa, Luís Paulo Alves acrescentou que o instrumento financeiro que vai atribuir as ajudas comunitárias ao setor entre 2014 e 2020, o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP), terá, na mesma linha, de garantir apoios quer à investigação quer às associações de pescadores

A “gestão de proximidade requerida por uma gestão equilibrada de recursos exige trabalho reforçado de recolha de dados e de adequação da atividade que recomendam a intensificação das ajudas às organizações locais”, referiu.

O eurodeputado socialista defendeu ainda a intensificação dos financiamentos do FEAMP a investimentos em “inovação” que permitam “acrescentar valor” aos produtos da pesca.

“Se o equilíbrio dos ‘stocks’ impe o aumento das capturas importa assegurar ganhos por via da valorização dos produtos”, alegou Luís Paulo Alves, insistindo na especial “fragilidade” dos recursos piscícolas das ilhas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.