Lucros dos bancos privados sobem 4,1%


 

Lusa/AO On line   Nacional   30 de Jul de 2010, 06:50

 Os quatro maiores bancos privados do mercado português, BES, BCP, BPI e Santander Totta, tiveram lucros semestrais de 792,1 milhões de euros, uma subida homóloga de 4,1 por cento, isto é, lucraram 4,5 milhões de euros por dia.

O Banco Espírito Santo (BES) ultrapassou o Santander Totta como o banco mais lucrativo entre janeiro e junho, apresentando lucros de 282,2 milhões de euros, ao passo que o banco liderado por Nuno Amado obteve um resultado líquido de 247,2 milhões de euros.

Em terceiro lugar mantém-se o Millennium BCP, com lucros de 163,2 milhões de euros, enquanto que o Banco BPI fecha a lista com um resultado líquido de 99,5 milhões de euros.

A média combinada do resultado líquido dos maiores bancos privados fixou-se em 198 milhões de euros por instituição nos primeiros seis meses do ano, contra os 190 milhões de euros do mesmo período de 2009.

Em termos diários, os quatro principais bancos privados em Portugal obtiveram lucros de 4,45 milhões de euros, ou seja, mais de um milhão de euros por cada entidade.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.