Londres e Paris reforçam relações de Defesa apesar de 'Brexit'

Londres e Paris reforçam relações de Defesa apesar de 'Brexit'

 

Lusa/AO online   Internacional   17 de Nov de 2016, 17:53

O Reino Unido e França assinaram um acordo de cooperação para a investigação militar em matéria de mísseis, reforçando as relações militares bilaterais apesar da iminente saída do Reino Unido da União Europeia.

 

O acordo, segundo um comunicado do Ministério da Defesa francês, “abre caminho a uma verdadeira interdependência num setor altamente estratégico e a uma racionalização industrial entre os dois países”.

“Cada país depende do outro relativamente a parte do conhecimento nestas áreas”, acrescentou.

O documento prevê o estabelecimento pelo fabricante de mísseis franco-britânico MBDA de centros de investigação de tecnologia de mísseis conjuntos, dois em território britânico e dois em território francês.

O ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, escreveu no Twitter tratar-se de “um passo histórico” e o homólogo britânico, Michael Fallon, disse que o acordo vai “alargar os limites da cooperação intergovernamental tradicional” ao “aumentar a capacidade militar” dos dois países e “promover a competitividade nas exportações”.

A MBDA é o principal fornecedor europeu de mísseis táticos e o segundo maior do mundo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.