Lixo do aterro vai produzir energia

Lixo do aterro vai produzir energia

 

AOnline   Regional   22 de Dez de 2016, 23:00

Investimento de 1,2 milhões de euros no Ecoparque de São Miguel vai permitir a produção de energia a partir do biogás libertado por 800 mil toneladas de lixo em aterro que vai ser selado.

"Novo Largo do Coreto de Rabo de Peixe avança no início de 2017" é o título do destaque fotográfico da capa do Açoriano Oriental. O projeto da autarquia da Ribeira Grande vai custar 400 mil euros.

ANA alerta passageiros sobre greve nos aeroportos.

Carlos Pinto insatisfeito com arbitragem.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.