Livros do básico e secundário sem aumentos significativos

Livros do básico e secundário sem aumentos significativos

 

Lusa/AO Online   Economia   26 de Ago de 2010, 18:23

A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) disse hoje que os preços dos livros escolares dos ensinos básico e secundário não aumentam significativamente em relação ao ano passado e garante que o abastecimento do mercado decorre “sem problemas”.

Em comunicado, a APEL, através da sua Comissão do Livro Escolar, faz saber que não há um aumento “significativo”, comparativamente com 2009, no valor dos manuais escolares necessários para os ensinos básico e secundário.

“Enquanto que os livros para o Ensino Básico – do 1.º ao 9.º ano de escolaridade – têm um aumento de apenas 0,5 por cento, as edições para o Ensino Secundário – do 10.º ao 12.º ano de escolaridade – apresentam mesmo uma ligeira descida de preço que se situa nos 0,6 por cento, tendo já em conta o aumento do IVA de 5 para 6 por cento que ocorreu a 1 de julho passado”, explica a APEL.

Por outro lado, segundo a associação, “o abastecimento do mercado escolar está a decorrer sem problemas”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.