Liverpool e Real Madrid não deram espaço para surpresas

Liverpool e Real Madrid não deram espaço para surpresas

 

Lusa/AO online   Futebol   7 de Mar de 2018, 09:07

O Real Madrid, já por 12 vezes campeão europeu de futebol, e o Liverpool, cinco, confirmaram esta quarta-feira o favoritismo na segunda mão dos oitavos de final da 'Champions' e são as primeiras equipas a apurar-se para os 'quartos'.

Pelo caminho ficam Paris Saint-Germain (PSG), que se 'assumiu derrotado' sem Neymar, e FC Porto, que foi a Anfield 'limpar a honra' com o 'nulo' obtido, depois da goleada no Dragão.

Bicampeão europeu em título, o clube 'merengue' continua com uma clara vocação 'europeísta', em contraste com a campanha na 'La Liga', decididamente perdida. Chegou a Paris com 3-1 de vantagem e voltou a ganhar, desta feita por 2-1, mas com possibilidade para um pouco mais.

Não precisou de forçar, já que o líder da liga francesa 'entregou o jogo'. Sem Neymar (hoje esteve Di María no seu lugar), o clube gaulês não impressiona, sobretudo quando confrontado com um 'colosso' como é o Real Madrid.

Cristiano Ronaldo reforçou o seu lugar de melhor marcador de sempre na 'champions'. São já 117 golos, em 148 jogos, e só esta época vão 12 golos em oito jogos, também aqui a contrabalançar um ano menos bom em Espanha.

O PSG ainda empatou, já em inferioridade numérica (expulsão de Verratti), por Cavani, mas o Real voltou a colocar a diferença com o golo de Marcelo, a dez minutos do fim, após o que teve várias ocasiões para ampliar.

Os parisienses, decididamente, dão-se mal com os 'colossos' de Espanha, já que no ano passado foram eliminados pelo FC Barcelona - após 4-0 no Parque dos Príncipes, perderam por 6-1 na Catalunha.

Ainda mais derrotado na eliminatória estava o FC Porto, que tinha perdido no seu próprio estádio por invulgares 5-0 com o Liverpool. Continua sem ganhar em Inglaterra, mas recupera algum capital de prestígio, com o 0-0 conseguido em Anfield.

Foi claramente um jogo em que os intervenientes não tinham muita vontade de jogar - a sorte estava decidida e há pela frente jogos importantes para os campeonatos internos. Ninguém apresentou uma equipa de reservistas, mas tanto Jurgen Klopp como Sérgio Conceição operaram muitas mudanças.

Já por cinco vezes vencedor da 'Champions', o Liverpool tem andado arredado desta fase da prova maior: não chegava aos 'quartos' há nove épocas.

A Inglaterra, a viver um momento de grande força em termos de clubes, pode chegar na quarta-feira aos três apurados, com o Tottenham e sobretudo o Manchester City muito bem encaminados.

O Tottenham vem de um empate 2-2 em Turim, com a Juventus, enquanto que o City 'esmagou' o Basileia na Suíça (4-0).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.