Bolsa

Lisboa perde 0,5% contrariando ganhos das praças europeias


 

Lusa / AO online   Economia   19 de Jan de 2010, 17:05

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI 20, encerrou esta terça-feira a cair 0,54 por cento para os 8.482,86 pontos, em contraciclo com a Europa, penalizado pelas quedas da Galp, BES e Portugal Telecom (PT).
Dos 20 títulos que compõem o índice de referência, 12 encerraram a perder valor, três inalterados e cinco em alta, numa sessão com boa liquidez em que trocaram de mãos 64,1 milhões de acções, no valor de 152,8 milhões de euros.

A Teixeira Duarte protagonizou a maior queda do dia, baixando dois por cento para 1,084 euros, seguida pela concessionária de auto-estradas, Brisa, que perdeu 1,3 por cento para 7,16 euros.

Porém, foram os pesos pesados Galp Energia, BES e PT que ditaram o fecho negativo do índice - que ainda assim recuperou face à queda de um por cento que apresentava no meio da sessão -, com a petrolífera a cair 1,3 por cento para 12,65 euros, o BES a descer 1,2 por cento para 4,662 euros e a incumbente a desvalorizar 0,87 por cento para 8,16 euros.

O Banco BPI foi outro dos títulos que perdeu mais de um por cento durante a sessão, encerrando nos 2,165 euros, ao passo que a Cimpor - em foco desde o lançamento da OPA da brasileira CSN - caiu hoje 0,58 por cento para 6,385 euros.

Quantos aos restantes pesos pesados, EDP e BCP, tiveram andamentos diferentes, com a energética a recuar 0,1 por cento para 3,037 euros, ao passo que o banco liderado por Carlos Santos Ferreira fechou inalterado face à cotação da véspera nos 0,84 euros - a par da Portucel e da Sonae Indústria.

Pela positiva, a Sonae liderou as valorizações com uma subida de 0,87 por cento para 0,93 euros, seguida pela EDP Renováveis, que ganhou 0,81 por cento para 6,761 euros e pela Semapa, que avançou 0,56 por cento para 8,041 euros.

Na Europa, os principais mercados accionistas encerram positivos - embalados pela abertura em alta de Wall Street -, com os ganhos a oscilarem entre os 0,34 por cento de Londres e os 1,28 por cento de Madrid.

O índice Euronext 100 avançou 0,60 por cento para 695,87 pontos e o índice DJ Stoxx 50 subiu 1,03 por cento para 2.634,60 pontos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.