Líderes dos G20 vão abordar crise na cimeira de novembro

Líderes dos G20 vão abordar crise na cimeira de novembro

 

AOnline/LUSA   Internacional   5 de Set de 2015, 18:33

A presidência turca do G20 anunciou hoje a intenção de incluir a crise de migrantes e refugiados que atinge a Europa na agenda da cimeira de chefes de Estado e de governo em novembro.

“A questão dos refugiados provém sobretudo de riscos geopolíticos (…) sem qualquer dúvida que será politicamente abordada pelos líderes (…) e toda a humanidade deve contribuir” para a sua resolução, declarou em Ancara o vice-primeiro-ministro responsável pela Economia, Cevdet Yilmaz, no encerramento de uma reunião de responsáveis financeiros dos países mais ricos do mundo.

Os dirigentes dos países do G20, constituído pelos ministros das finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo, mais a União Europeia, deverão reunir-se em meados de novembro em Antalya (sul da Turquia) para a sua cimeira anual.

De acordo com as estatísticas da Organização internacional das migrações (OIM), publicada na quarta-feira, mais de 350.000 migrantes atravessaram desde o início do ano, em condições perigosas, o Mediterrâneo em direção à Europa. Pelo menos 2.600 perderam a vida, precisou a OIM.

Mais de 230.000 refugiados chegaram à Grécia, na maioria refugiados sírios que fugiram, através da Turquia, à sangrenta guerra civil que assola o país desde 2011.

Desde esse período, a Turquia acolheu cerca de dois milhões de refugiados, e o Líbano mais de um milhão.

“Devemos todos considerar que a Turquia não deve ser a única responsável pelos sofrimentos injustos que continuam a registar-se”, insistiu ainda o vice-primeiro-ministro turco.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.