Líder do PSD e candidato por São Miguel esperançado num "grande resultado"

Líder do PSD e candidato por São Miguel esperançado num "grande resultado"

 

Lusa/AO Online   Regional   1 de Set de 2016, 12:46

O líder do PSD/Açores afirmou hoje estar esperançado num "grande resultado" nas eleições regionais de 16 de outubro e disse que encabeça um projeto "credível, jovem e cheio de energia" para um novo ciclo político no arquipélago.

 

“Estou esperançado num grande resultado. Estou esperançado que os açorianos vão perceber a necessidade de mudar e também a alternativa credível, jovem e cheia de energia que o PSD/Açores apresenta e representa”, afirmou Duarte Freitas, após a entrega da lista de candidatos pelo círculo de São Miguel no tribunal de Ponta Delgada.

Duarte Freitas, que também é cabeça de lista do PSD pelo círculo de São Miguel às eleições regionais nos Açores, referiu que o partido concluiu hoje a entrega das listas em todas as ilhas da região, que "são marcadas por uma enorme renovação”.

“Temos sete novos cabeças de lista, mais de 80% de renovação em todas as listas das ilhas, com pessoas jovens, empenhadas e com enorme energia”, referiu Duarte Freitas, acrescentando que o PSD pretende “apresentar uma nova energia, para um novo ciclo, para dar uma nova esperança aos Açores e, para isso, precisa de uma oportunidade”.

Alegando que conhece todas as ilhas de forma “muito particular” e que tem uma proximidade “efetiva, diária e permanente” com os açorianos, Duarte Freitas apelou a uma oportunidade ao PSD no dia 16 de outubro.

“A energia que falta a quem nos governa [PS], a incapacidade já para encontrar novas soluções, pode ser encontrada aqui nas nossas listas, no nosso projeto”, adiantou o candidato, natural da ilha do Pico.

Concretamente sobre São Miguel, ilha pela qual se candidata ao parlamento regional, Duarte Freitas aponta as imensas dificuldades sociais como uma dos principais problemas a resolver depois de 16 de outubro.

“A componente social e a preocupação com a igualdade de oportunidades para as pessoas, para a criação de emprego jovem, é a matriz das nossas propostas. Em São Miguel, assiste-se, se calhar, de forma mais evidente, às dificuldades sociais, que perpassam por todos os Açores, mas aqui assumem em termos quantitativos e percentuais uma expressão maior”, alegou.

Nos Açores, onde o PS governa há 20 anos, há nove círculos eleitorais, coincidentes com cada uma das ilhas, e um círculo regional de compensação.

Nas últimas eleições regionais, em 2012, o PS conquistou 31 dos 57 lugares do parlamento regional, enquanto o PSD, o maior partido na oposição, obteve 20 mandatos. O CDS-PP tem três deputados, enquanto BE, PCP e PPM conseguiram um mandato cada.

O círculo de São Miguel vai eleger no sufrágio de 16 de outubro 20 deputados, mais um do que em 2012.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.