Líder do PP denuncia atrasos no COMPAMID

Líder do PP denuncia atrasos no COMPAMID

 

Lusa/AO On Line   Regional   5 de Out de 2010, 06:51

O presidente do CDS/PP nos Açores, Artur Lima, acusou hoje o governo regional socialista de “ter em atraso” o pagamento de quatro meses relativos à comparticipação aos medicamentos dos idosos na região (COMPAMID

Contactada pela agência Lusa, a secretária regional do Trabalho e Solidariedade Social, Ana Paula Marques, explicou que os atrasos existentes nos pagamentos se devem ao facto de os valores mensais não serem sempre os mesmos e obrigarem a que sejam previamente conferidos todos os documentos enviados pelos idosos.

A governante adiantou que os pagamentos relativos a julho, no valor de cerca de 262 mil euros, “estão a ser processados esta semana”, enquanto os de agosto, que ascendem a cerca de 315 mil euros, devem estar saldados até ao final de outubro.

“São os mais pobres e os reformados com míseras pensões os mais afetados", afirmou o presidente do CDS/PP nos Açores, Artur Lima, em declarações aos jornalistas na Praia da Vitória, à margem da visita do líder nacional do partido, Paulo Portas, à Terceira.

Para Artur Lima, "numa altura em que o Governo da República reduz as comparticipações nos medicamentos, o que se esperava era que na região essas medidas fossem minimizadas, o que não está a acontecer”.

O COMPAMID é uma medida proposta pelo PP/Açores, aprovada no parlamento regional, que pretende ajudar os idosos nos gastos com medicamentos.

Ana Paula Marques adiantou que, no próximo ano, os apoios do COMPAMID devem ascender a três milhões de euros.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.