Líder do PCP/Açores visita Graciosa com setor produtivo e energia na agenda

Líder do PCP/Açores visita Graciosa com setor produtivo e energia na agenda

 

Lusa/AO online   Regional   23 de Mar de 2015, 14:13

O deputado do PCP no parlamento dos Açores, Aníbal Pires, inicia esta segunda-feira uma visita de três dias à ilha Graciosa, com o setor produtivo e a energia na agenda.

 

"Não deixamos de parte o setor produtivo. Desta vez, com uma reunião com a Adega Cooperativa da ilha Graciosa, até porque à volta da adega existe um projeto no sentido de valorizar os produtos agrícolas da ilha", afirmou Aníbal Pires, em declarações à agência Lusa.

Entre 23 e 26 de março, o deputado e líder do PCP nos Açores visita, no âmbito da atividade parlamentar, a denominada "ilha branca", com apenas um concelho, Santa Cruz da Graciosa, e onde habitam quase 4.400 habitantes.

Além do contacto com a população local, Aníbal Pires irá visitar, na quarta-feira à tarde, a central do Caminho Velho do Quitadouro, propriedade da elétrica açoriana (EDA), onde "está a ser desenvolvido um projeto para resolver alguns problemas de energia, criando um novo paradigma".

Segundo disse Aníbal Pires, o objetivo do projeto prende-se com a necessidade de "libertar a ilha cada vez mais dos combustíveis fósseis".

Da agenda desta visita constam também reuniões de trabalho com o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz e com os presidentes das juntas de freguesia de São Mateus e de Guadalupe.

Aníbal Pires criticou o facto de as obras da marina da Barra ainda não terem começado, apesar de se tratar de uma promessa eleitoral do executivo regional socialista.

"Se as promessas fossem cumpridas estaria aqui pelo menos um estaleiro à minha frente para construir a marina da Barra (...). Aqui há cinco anos, em termos de orçamento, conseguimos fazer aprovar uma proposta nossa de reforço para um estudo, que foi feito, para a construção da marina da Barra", disse Aníbal Pires, reforçando que "não se vê nem máquinas, nem marina".

O deputado afirmou que estes contactos e reuniões, que se faz regularmente a todas as ilhas do arquipélago, servem para tomar conhecimento da realidade e dar visibilidade a alguns problemas sentidos pela população e instituições.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.