Líder do PCP/Açores dá a conhecer lado poético

Líder do PCP/Açores dá a conhecer lado poético

 

Lusa/AO Online   Regional   24 de Out de 2014, 19:52

O líder do PCP/Açores, Aníbal Pires, lançou hoje um livro reunindo poemas que falam das ilhas, das pessoas, mas também abordam situações, "algumas até intimistas", vividas pelo politico, numa obra que dá a conhecer o seu lado poético.

“O livro tem alguns textos que fui escrevendo entre 2008 e 2013. São textos que descrevem de forma poética algumas situações que fui registando durante este período e que, de alguma forma, me tocaram. Digamos que é uma escrita do lado do coração, por isso mesmo, o livro mostra o outro lado do Aníbal Pires”, afirmou o líder e deputado comunista açoriano, em declarações à Lusa.

Intitulado “O outro lado”, o livro contém 132 páginas, com ilustração a aguarelas da colega de profissão do deputado, a professora Ana Rita Afonso, enquanto o prefácio está a cargo do professor da Universidade dos Açores Vamberto Freitas.

Já o professor e escritor açoriano Tomás Borba Vieira escreve um pequeno texto intitulado “Olhares Cruzados", enquanto a contracapa inclui um texto da deputada regional do PS e escritora Renata Correia Botelho.

“O trabalho mostra o outro lado de dois professores, que para além da sua atividade profissional e política, têm também um outro lado menos conhecido. E trata-se de uma forma de partilhar com os nossos concidadãos”, sublinhou Aníbal Pires.

Coordenador do PCP/Açores desde 2005 e deputado regional há seis anos, Aníbal Pires disse que começou por chamar aos poemas “estados de alma”, justificando que os textos surgem quando "sente o coração bater", mas frisou que são produções diferentes dos textos habituais que publica na imprensa regional.

“Não posso desligar o facto de ser coordenador do PCP/Açores desde 2005 e deputado há seis anos. Mas este livro é muito o lado do Aníbal Pires, até porque é um lado que a generalidade do público não conhece. E resolvi partilhar esse outro lado, eu e a Ana Rita, com o público, em geral”, referiu.

O lider do PCP/Açores, que publica o seu segundo título, depois de em 2010 ter lançado um estudo conclusão do seu mestrado, sustenta ainda que os poemas "falam das ilhas, de pessoas, situações vividas, algumas intimistas outras nem tanto, e que abarcam algumas preocupações sobre aquilo que nos rodeia".

"Não são textos de caráter político. São textos, embora não seja possível de alguma forma esconder a matriz ideológica que preside à minha maneira de estar no mundo, mas são textos diferentes, que costumo publicar na imprensa regional desde 2003", disse ainda.

O livro, da editora Letras Lavadas, foi lançado no Coliseu Micaelense, em Ponta Delgada, e é comercializado a partir de hoje.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.