Líder do CDS encabeça lista pela Terceira para colocar a ilha de novo no mapa

Líder do CDS encabeça lista pela Terceira para colocar a ilha de novo no mapa

 

AO/Lusa   Regional   27 de Ago de 2016, 13:14

O líder do CDS-PP/Açores, Artur Lima, volta a encabeçar a lista do círculo eleitoral da Terceira nas eleições legislativas regionais de 16 de outubro, alegando que pretende colocar a ilha de novo "no mapa".

 

“É exatamente para inverter esta tendência de perder poder político, da perda de poder económico, da perda até de população, que o CDS-PP está aqui e apresenta-se firme nas suas convicções, robusto na certeza de que os terceirenses também não estão contentes com a atual conjuntura”, frisou.

Artur Lima falava, sexta-feira, na apresentação da sua candidatura, em Angra do Heroísmo, acompanhado da líder nacional do partido, Assunção Cristas.

Segundo o líder regional centrista, a Terceira perdeu centralidade no transporte aéreo e no transporte de cargas por via marítima, perdeu indústrias, benefícios da utilização norte-americana da base das Lajes, escalas técnicas e a oportunidade de ter ligações de companhias aéreas ‘low cost’.

Nesse sentido, o candidato prometeu defender “a rentabilização do aeroporto das Lajes, com infraestruturas com todas as condições para, por exemplo, a base da SATA Internacional”.

Por outro lado, propôs a transformação do molhe norte do Porto da Praia da Vitória, atualmente utilizado pela Força Aérea norte-americana, num cais de cruzeiros.

“Se não precisam da base, não têm lá aviões, o molhe do porto norte da Praia dá um excelente cais de cruzeiros, se não precisam de navios, o cais é nosso”, frisou, referindo-se à redução militar norte-americana na base as Lajes.

Segundo Artur Lima, “não há bom governo, sem boa oposição”, por isso, reivindicou aos terceirenses “mais força” para o partido, que tem atualmente apenas um deputado eleito pela ilha Terceira no parlamento.

O candidato diz que concorre para “defender melhor saúde, melhor educação, melhores rendimentos para os agricultores e para os pescadores”, mas também para garantir que os jovens têm “hipótese de se fixar na sua terra”, para garantir aos empresários turísticos que o turismo “não é apenas uma febre e vai durar” e para “assegurar a rentabilização de infraestruturas que estão subaproveitadas”.

Artur Lima, médico dentista, com 52 anos, é deputado na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores desde 2007, concorrendo agora pela terceira vez como cabeça de lista pelo círculo eleitoral da ilha Terceira.

Nas últimas eleições regionais, que se realizaram a 14 de outubro de 2012, o CDS-PP elegeu um dos 10 deputados do círculo eleitoral da ilha Terceira, com 11,01% dos votos, tendo os restantes ficado divididos entre PS (seis) e PSD (três).

A nível regional, o PS elegeu 31 dos 57 deputados da Assembleia Legislativa dos Açores, o PSD conquistou 20 mandatos, o CDS-PP três e PCP, BE e PPM um deputado cada.

Nos Açores, onde o PS governa há 20 anos, há nove círculos eleitorais, coincidentes com cada uma das ilhas, e um círculo regional de compensação.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.