Líder da Al-Qaida morto em ataque aéreo na Síria


 

Lusa/AO Online   Internacional   19 de Out de 2015, 07:33

O líder mais graduado do grupo Khorasan, de operacionais veteranos da Al-Qaida, Mohsen Adballah Ibrahim al Charekh, foi morto num ataque aéreo, anunciou no domingo o Pentágono.

O ataque de 15 de outubro matou Charekh, também conhecido como Sanafi al-Nasr, no noroeste da Síria, indica um comunicado.

“Esta operação representa um golpe significativo nos planos do grupo Khorasan para atacar os Estados Unidos e os nossos aliados, e prova novamente que aqueles que nos querem prejudicar não estão fora do nosso alcance”, disse o Pentágono.

O comunicado referiu-se a Al-Nasr como “um ‘jihadista’ de longa data e experiente na transferência de dinheiro e combatentes para a Al-Qaida”.

Segundo o Pentágono, Al-Nasr transferiu fundos de doadores da região do Golfo para o Iraque e depois para líderes da Al-Qaida do Paquistão para a Síria. Organizou rotas para os novos recrutas viajarem do Paquistão para a Síria através da Turquia, e assistiu operações da Al-Qaida no Ocidente.

Al-Nasr é um quinto líder do grupo Khorasan a ser morto nos últimos quatro meses.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.