UE/Trabalho

Licença parental complementar alargada para quatro meses

Licença parental complementar alargada para quatro meses

 

Lusa / AO online   Nacional   12 de Mar de 2010, 10:20

Os trabalhadores com filhos até aos oito anos poderão, dentro de dois anos, usufruir de uma licença parental complementar de quatro meses, com a aprovação pelos ministros do Trabalho da União Europeia de uma proposta dos parceiros sociais.
A proposta, aprovada esta semana em Conselho de Ministros, prevê que a licença parental complementar possa ser gozada por mães e pais, durante quatro meses.

O texto prevê também que três meses possam ser transferidos do pai para a mãe ou vice-versa, sendo que um mês é obrigatoriamente usufruído pelo beneficiário directo

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.