Sudão

Libertado funcionário da Cruz Vermelha raptado no Darfur em Outubro


 

Lusa / AO online   Internacional   18 de Mar de 2010, 17:35

 Um funcionário franco-britânico do Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) raptado em Outubro no Darfur foi libertado esta quinta-feira depois de cinco meses de cativeiro, indicou um alto responsável da organização.
“Ele acaba de ser libertado depois de cerca de cinco meses de cativeiro. Está actualmente num helicóptero em direcção a El-Geneima”, a capital do Darfur ocidental, declarou um alto responsável do Comité Internacional da Cruz Vermelha, que pediu para não ser identificado.

Gauthier Lefevre, 35 anos, ao serviço da CICV há cinco anos, dos quais 15 meses no Darfur, circulava numa coluna de dois veículos com o logótipo da Cruz Vermelha quando foi raptado a 22 de Outubro último por homens armados no Darfur ocidental, perto da fronteira com o Chade.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.