Leigos católicos exigem que Papa peça desculpa às vítimas de abusos sexuais


 

Lusa / AO online   Internacional   15 de Mar de 2010, 11:00

Várias organizações alemãs de leigos católicos criticaram hoje o silêncio do Papa sobre os casos de pedofilia e maus tratos físicos em instituições da igreja germânica e exigiram que o seu compatriota Bento XVI peça desculpa às vítimas.
"Este escândalo está a preocupar as pessoas, tanto os que são crentes como os que não são, e o Papa devia pronunciar-se", disse o presidente da Confederação da Juventude Católica Alemã, Dirk Tanzler, ao jornal Berliner Zeitung.

O Sumo Pontífice "devia dar esclarecimentos à opinião pública, porque a Igreja Católica está a atravessar uma das suas crises mais profundas desde 1945", acrescentou o mesmo responsável.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.