Eleições

Legislativas da Etiópia sem liberdade política


 

Lusa/AO online   Internacional   25 de Mai de 2010, 12:03

A missão de observadores da União Europeia (UE) considerou esta terça-feira que nas eleições legislativas da Etiópia no domingo houve falta de liberdade política e um desequilíbrio de meios durante a campanha eleitoral.
“A forte participação no dia das eleições foi manchada pelo estreitamento do espaço político” entre o partido no poder e a oposição, referiu à imprensa o chefe da missão e eurodeputado holandês, Thijs Berman.

“A separação entre o partido no poder e a administração foi apagada em numerosos casos ao nível local”, adiantou o deputado europeu.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.