Laura Chinchilla promete diálogo


 

Lusa / AO online   Internacional   8 de Fev de 2010, 10:57

Laura Chinchilla, eleita no domingo primeira presidente da Costa Rica, prometeu no seu discurso de vitória dialogar com todos os sectores e melhorar a saúde, educação e segurança no país.
"Não recebemos do povo um cheque em branco, para fazer qualquer coisa, mas temos sob os nossos ombros obrigações muito solenes (como) dialogar séria e permanentemente com todos os partidos e sectores sociais", afirmou Chinchilla.

De acordo com o Tribunal Supremo de Eleições (TSE), escrutinadas 71,1 por cento das mesas de voto, Chinchilla, candidata do Partido de Libertação Nacional (PLN, no poder), obteve 46,8 por cento dos votos, Ottón Solís, do Partido Acção Cidadania (PAC, centro-esquerda) 25 por cento e Otto Guevara, do Movimento Libertário (ML, direita) 21 por cento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.