Lajes do Pico e Ponta Delgada recebem festival Jazzores em novembro

Lajes do Pico e Ponta Delgada recebem festival Jazzores em novembro

 

Lusa/AO Online   Regional   22 de Out de 2015, 19:08

As Lajes do Pico e Ponta Delgada são este ano os palcos do festival de música Jazzores, que decorre a 10, 12 e 21 de novembro, com a banda The Aces, o duo Homburguer/Guy e o saxofonista Evan Parker.

 

Segundo informação divulgada hoje pelo Teatro Micaelense (um dos espaços do evento), o Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, recebe no dia 10 um concerto que se repetirá no dia 12 na Igreja do Colégio, em Ponta Delgada: o violino barroco de Maya Homburguer e o contrabaixo de Barry Guy, que “exploram a música barroca em contexto de improvisação livre”, vão juntar-se ao saxofone de Evan Parker, pioneiro na corrente ‘free jazz’ europeia.

O compositor Barry Guy é fundador da London Jazz Composers Orchestra e da Barry Guy New Orchestra. Com Maya Homburguer, formou a editora discográfica MAYA Recordings, especializada em música de câmara e recitais a solo.

A banda de blues norte-americana The Aces atua a 21 de novembro no Teatro Micaelense, também em Ponta Delgada.

O grupo mistura as sonoridades blues de Chicago, da costa Oeste e do sul dos Estados Unidos com o R&B, sublinha a informação distribuída à imprensa.

Em declarações à Lusa, Rui Melo, da Associação Cultural Jazzores, explicou que o festival, que se realiza há 18 anos e já passou por outras ilhas, tem um “público feito” que acompanha as várias edições, mas referiu que este tipo de música “só chega de vez em quando” a um público mais alargado.

A organização tem alterado “a sua posição em relação à música” e nos últimos quatro anos apostou na divulgação da música do compositor Bach, da música contemporânea europeia e da “música criativa”

“Bach tem muitas coisas em comum com a música a que se chama jazz. Se não houvesse de alguma maneira o compositor Bach, o jazz provavelmente não existiria da mesma maneira que existe hoje”, afirmou Rui Melo.

O financiamento tem sido a maior dificuldade da organização, que ainda não conseguiu alargar os apoios além do âmbito regional.

O festival conta com financiamento de empresas dos Açores e do executivo da região.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.