Justiça francesa investiga cardeal por encobrimento de abusos sexuais

Justiça francesa investiga cardeal por encobrimento de abusos sexuais

 

Lusa/AO online   Internacional   4 de Mar de 2016, 17:45

A justiça francesa abriu um inquérito contra responsáveis da igreja católica em França, incluindo um cardeal, por não terem alegadamente denunciado abusos sexuais a menores cometidos entre 1986 e 1991.

 

Os responsáveis religiosos são acusados do encobrimento dos abusos sexuais e “de colocarem em perigo a vida de outros” após um padre ter sido indiciado por abusos sexuais a menores que pertenciam a um agrupamento de escuteiros, segundo uma fonte judicial, citada pela agência noticiosa francesa AFP.

O inquérito foi aberto na sequência dos relatos das vítimas do padre e envolve vários responsáveis da diocese de Lyon (centro-leste de França), incluindo o cardeal Philippe Barbarin. As vítimas acusam o cardeal de não ter denunciado à justiça o comportamento do religioso.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.