Juncker acusa primeiros-ministros britânico e italiano de enganarem os cidadãos

Juncker acusa primeiros-ministros britânico e italiano de enganarem os cidadãos

 

Lusa/AO online   Internacional   4 de Nov de 2014, 15:26

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, acusou os primeiros-ministros britânico, David Cameron, e italiano, Matteo Renzi, de enganarem os seus cidadãos sobre as negociações orçamentais na União Europeia (UE).

 

“Não gostei da forma como alguns primeiros-ministros se comportaram depois da cimeira”, disse Juncker numa audição no Parlamento Europeu sobre os resultados da última reunião dos líderes europeus.

Juncker, citado pela agência France Presse, disse que as notas que tomou durante a cimeira mostram que “o que foi dito na sala e lá fora não coincide”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.