Iraque

Julho foi o mês com mais mortes dos últimos dois anos

Julho foi o mês com mais mortes dos últimos dois anos

 

Lusa/AO online   Internacional   1 de Ago de 2012, 12:15

Julho foi o mês com mais mortes dos últimos dois anos no Iraque, com 325 pessoas mortas em ataques, segundo números oficiais divulgados esta semana.

As estatísticas combinadas dos Ministérios da Saúde, Interior e Defesa indicam que 241 civis, 40 polícias e 40 soldados morreram em julho no país.

Outras 697 pessoas – 480 civis, 122 polícias e 95 soldados – foram feridos no mesmo período de tempo.

Este é o balanço governamental mais elevado desde agosto de 2010, mês em que 426 pessoas morreram e 838 ficaram feridas em ataques.

Antes de julho, o balanço de 2012 mais elevado tinha sido o de janeiro, quando 151 iraquianos foram mortos e 321 feridos.

Os ataques mais graves registaram-se a 23 de julho, em que 29 atentados em 19 cidades iraquianas mataram 113 pessoas e feriram 250.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.