Jovens Investigadores dos Açores apresentam trabalhos em encontro internacional


 

Lusa/AO Online   Regional   11 de Abr de 2016, 11:30

Jovens investigadores dos Açores vão poder divulgar e discutir trabalhos realizados no domínio científico nas áreas da filosofia, química, biologia, educação e psicologia, num evento internacional que pretende incutir o gosto pela investigação.

 

“No JOIN [Encontro de Jovens Investigadores] vamos refletir, analisar as diferentes perspetivas e trocar experiências sobre esta a iniciação à investigação. A investigação é uma forma de aprendizagem”, disse à agência Lusa o professor universitário Pedro González, coordenador do I Encontro Internacional de Jovens Investigadores, organizado por docentes de diferentes departamentos da Universidade dos Açores.

O encontro, que vai decorrer na sexta-feira e no sábado, no polo de Ponta Delgada da Universidade dos Açores, vai juntar estudantes de licenciatura, mestrado e doutoramento, que vão apresentar perto de 20 comunicações.

Além das conferências e mesas redondas, que "vão tratar as diferentes perspetivas desta questão da iniciação à investigação, dinamizadas por professores universitários”, o encontro abre a possibilidade, “para os alunos universitários de licenciatura, mestrado e doutoramento, de apresentarem trabalhos de final de curso que implique investigação", explicou Pedro González.

O professor frisou que este primeiro encontro para jovens universitários pretende, acima de tudo, impulsionar mais a investigação que, no seu entender, deve começar na educação pré-escolar.

As potencialidades da iniciação à investigação, as suas diferentes dimensões, como, por exemplo, a técnica, o financiamento, os estilos de orientação, os processos utilizados e os resultados são, igualmente, temas a abordar.

"É fundamental que os alunos se vão treinando em divulgar o que aprendem. Qualquer trabalho deve ser partilhado e, neste evento, há espaço para os alunos partilharem com outros colegas o que encontraram, as dificuldades que tiveram e como as superaram", salientou o docente do Departamento de Ciências da Educação, indicando que a ideia é dar continuidade ao evento no próximo ano.

Além das comunicações, o JOIN integra a realização de oficinas para aprendizagem sobre o processo de investigação científica ou sobre o domínio de instrumentos de recolha de dados, minicursos, simpósios e mesas temáticas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.