Jovem palestiniano assassinado foi queimado vivo


 

Lusa/AO online   Internacional   5 de Jul de 2014, 19:18

O adolescente palestiniano que foi assassinado, alegadamente em represália pelos homicídios de três jovens israelitas, foi queimado vivo depois de ser sequestrado, segundo os primeiros relatórios da autópsia divulgados hoje pelos meios de comunicação social da Palestina.

 

Mohammad Abou Khdeir, de 16 anos, foi sequestrado na terça-feira, no bairro de Chouafat, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel.

O cadáver, inteiramente queimado, segundo o advogado da família, foi encontrado na quarta-feira, perto de uma floresta na parte oeste da cidade.

Os palestinianos acusaram extremistas judeus de terem sequestrado e matado o adolescente.

Os primeiros resultados da autópsia indicaram a presença de fumo nos pulmões, mostrando que estava ainda vivo enquanto as chamas consumiam o seu corpo, informou a agência palestiniana Maan, citando o procurador-geral Mohammad al- Ouweiwi.

O jovem foi também ferido na cabeça, mas esta lesão não causou a morte, precisou o procurador.

A polícia israelita recusou-se hoje a dizer se a morte do adolescente foi um ato de vingança após o assassinato de três jovens judeus israelitas – que foram encontrados na segunda-feira, depois de permanecerem desaparecidos cerca de três semanas na Cisjordânia.

Um porta-voz assegurou que a polícia está a examinar “todas as possibilidades”, mas não irão divulgar os detalhes da investigação.

Israel acusa o Hamas de ter sequestrado e assassinado os três jovens israelitas, mas o grupo islâmico nega as acusações.

Milhares de pessoas participaram no funeral do jovem palestiniano, na sexta-feira, em Jerusalém Oriental, onde tem ocorrido confrontos entre os palestinianos e as forças de segurança de Israel há três dias consecutivos.

A violência alastrou hoje a três localidades árabe-israelitas no centro e nordeste de Israel.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.