José Peseiro diz que clima vivido no futebol português “roça a vergonha”

José Peseiro diz que clima vivido no futebol português “roça a vergonha”

 

Lusa/AO online   Futebol   20 de Mar de 2018, 09:18

O treinador do Vitória de Guimarães, José Peseiro, disse esta segunda-feira que o clima tenso vivido no futebol português "roça a vergonha" e lembrou que as repercussões são graves para os profissionais da modalidade.

"Afeta o futebol português, envergonha quem está aqui e é algo muito triste de que infelizmente falamos. Quem gosta desta modalidade, para quem é profissional, é algo que penaliza muito a profissão e a nossa indústria", declarou José Peseiro, sublinhando que "roça a vergonha".

Contudo, o técnico vimaranense insistiu e fez um apelo: "Melhorar? Por todos os agentes do futebol, fundamentalmente. Também vos envolvo a vocês [comunicação social]. É um jogo que todos querem ganhar, mas não se pode pôr em causa a dignidade e a seriedade das pessoas. Era bom deixar de falar, há que parar com isso".

José Peseiro falava à margem da 3.ª Gala Quinas de Ouro, em Lisboa, em que a Federação Portuguesa de Futebol distingue os melhores do ano de 2017.

Com apenas três encontros no comando do Vitória, José Peseiro fez um balanço desde que chegou para ocupar o lugar deixado por Pedro Martins, depois de uma época aquém do esperado. Na última jornada conseguiu o primeiro triunfo (2-1) à frente da equipa diante do Desportivo das Aves, após um empate e uma derrota.

"A vitória veio dar mais conforto. Agora vamos ter 15 dias para trabalhar com mais seriedade, tranquilos e com mais confiança", terminou.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.