Jornal da Madeira passa a ser gratuito em 2008


 

Lusa/AO online   Nacional   12 de Dez de 2007, 17:03

O Jornal da Madeira anunciou que passará a ser distribuído gratuitamente a partir do próximo ano, até porque vai continuar a receber apoios do Governo Regional, segundo revelou hoje o secretário regional dos Recursos Humanos.
    O jornal passa a ser, a partir de 1 de Janeiro de 2008, distribuído gratuitamente na Região após 75 anos de existência, avançou hoje a empresa num nota divulgada pelo conselho de administração.

    O título, de que o presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, já foi director, é o único jornal do país que recebe apoios estatais, tendo o secretário regional dos Recursos Humanos, Brazão de Castro, afirmado hoje que o Governo Regional "vai continuar a apostar no projecto Jornal da Madeira".

    "Vamos desenvolver a sua reestruturação cuja calendarização aguarda um momento adequado", acrescentou na Assembleia Legislativa durante uma intervenção na discussão do Orçamento Regional para 2008.

    O Jornal da Madeira tem sido objecto de críticas da oposição madeirense por ser "um sorvedouro de dinheiros públicos", já que recebe do orçamento regional cerca de 3,5 milhões de euros por ano, tendo inclusivamente o deputado socialista Carlos Pereira desafiado o secretário regional a fechar o matutino e a canalizar aquela verba para programas sociais.

    Sob orientação editorial da diocese do Funchal, o Jornal da Madeira é detido, em cerca de 99 por cento, pelo Governo Regional e emprega cerca de 120 pessoas.

    O Jornal da Madeira tem sido criticado pelos partidos da oposição por considerarem que o mesmo é controlado pelo Governo Regional e que serve para a propaganda oficial do executivo e do partido que o sustém, o PSD-M.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.