Jogadores do Santa Clara com um mês de ordenado em atraso

Jogadores do Santa Clara com um mês de ordenado em atraso

 

LUSA/AO online   Futebol   18 de Set de 2015, 19:21

O presidente da SAD do Santa Clara, Rui Cordeiro, admitiu hoje que os futebolistas da formação açoriana estão com um mês de ordenado em atraso, devido a dificuldades financeiras que o clube da II Liga atravessa.

Rui Cordeiro falava hoje em audiência no Tribunal de Ponta Delgada, onde admitiu que os jogadores da equipa não receberam o último mês de agosto e que o policiamento para o próximo jogo em casa, frente ao Farense, da oitava jornada da II Liga, será assegurado por si, por falta de verba do clube.

O presidente da direção da SAD ‘encarnada’ admitiu ainda que o empréstimo contraído pela atual direção, no valor de 150 mil euros, foi usado na totalidade para fazer face a despesas imediatas.

O Tribunal de Ponta Delgada julga uma providência cautelar interposta por Mário Batista, antigo presidente da SAD do Santa Clara, que alega ilegalidade quanto à sua destituição em assembleia geral no passado dia 24 de Junho.

Mário Batista foi ouvido a 10 de setembro em primeira audiência no Tribunal de Ponta Delgada, sendo que Rui Cordeiro, atual presidente da direção, foi ouvido esta sexta-feira.

O julgamento prossegue no Tribunal de Ponta

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.