Joaquim Machado assume liderança dos TSD/Açores


 

Ricardo Rego / Rui Jorge Cabral / Lusa   Regional   1 de Out de 2011, 20:12

Joaquim Machado deverá ser eleito líder dos Trabalhadores Sociais-Democratas (TSD), no VI Congresso dos TSD/Açores que termina domingo em Angra do Heroísmo, sucedendo a Rui Ramos.

O antigo deputado e subsecretário regional da Comunicação Social nos governos de Mota Amaral, apresenta-se a votos com a moção "Todos Convocados", na qual define como três tarefas imediatas e essênciais a defesa dos trabalhadores, a denuncia dos insucessos das políticas socialistas de emprego e a participação na formulação das propostas do PSD/Açores para as eleições regionais de 2012.

Na sessão de abertura da reunião magna dos trabalhadores sociais-democratas açorianos, o secretário-geral do movimento, Pedro Roque, mostrou-se convicto de que os "os sociais-democratas são sempre chamados a pagar a factura depois da festa socialista", observando que o PS "não quis ou não soube fazer as reformas que deveria ter feito por motivos claramente eleitoralistas, deixando o país confrontado com uma situação complicada".

Pedro Roque elogiou ainda Pedro Passos Coelho ao referir que "o país tem uma pessoa que já deu provas de que não verga" e que "tem calma perante as dificuldades". Sobre os Açores, o secretário-geral sublinhou que também no arquipélago "parece ter chegado a hora para um novo ciclo político que possa arrancar a Região".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.