João Ferreira é o candidato da CDU à presidência da Câmara de Lisboa

 João Ferreira é o candidato da CDU à presidência da Câmara de Lisboa

 

Lusa/Açoriano Oriental   Nacional   26 de Jan de 2017, 11:03

O comunista João Ferreira, atualmente vereador da Câmara de Lisboa e deputado no Parlamento Europeu, é o candidato da CDU à presidência do município da capital nas eleições autárquicas deste ano, informou fonte da candidatura.

 

Como adversários já conhecidos nas eleições autárquicas, terá o atual presidente, o socialista Fernando Medina (sucessor de António Costa), e a presidente do CDS-PP, Assunção Cristas.

Nas autárquicas de 2013, a CDU (constituída pelo PCP e pelo Partido Ecologista "Os Verdes") arrecadou 9,85% dos votos, o equivalente a 22.519, conquistando assim dois mandatos, um deles atribuído a João Ferreira e outro a Carlos Moura.

À frente ficaram o PS - cuja lista integrou os movimentos "Cidadãos por Lisboa" e "Lisboa é muita gente" -, com 50,91% (116.425) dos votos e 11 mandatos, e a coligação PSD/CDS-PP, com 22,37% (51.156) dos votos e quatro mandatos.

Nas eleições de 2009, a CDU elegeu um vereador.

João Manuel Peixoto Ferreira, de 38 anos, biólogo de formação e doutorado em Ecologia, já encabeçou as listas da Coligação Democrática Unitária (CDU) para Lisboa (2013) e Bruxelas (2014).

João Ferreira desempenha funções no Parlamento Europeu desde 2009, quando foi eleito como "n.º 2", depois de Ilda Figueiredo, acumulando-as com o cargo de vereador sem pelouro da Câmara Municipal de Lisboa desde 2013.

Enquanto estudante, além de membro da Junta de Freguesia da Ameixoeira, aproximou-se da política, fundando e presidindo à Associação de Bolseiros de Investigação Científica, entre 2003 e 2007.

Na Faculdade de Ciências da Universidade de Nova de Lisboa, João Ferreira pertenceu à direção da associação de estudantes, ao conselho diretivo, à assembleia de representantes e ao conselho pedagógico.

O cientista teve bolsas de investigação, no Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa e no Museu, Laboratório e Jardim Botânico da Universidade de Lisboa, e foi associado do Centro de Ecologia e Biologia Vegetal da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e Bolseiro de Doutoramento, onde se pós-graduou.

No Parlamento Europeu, o membro do comité central do PCP desde há quatro anos protagonizou um episódio que se tornou viral nas redes sociais, ao chamar a atenção do presidente da Comissão Europeia, o luxemburguês Jean-Claude Juncker, para a sua intervenção enquanto aquele responsável comunicava distraidamente via telemóvel com a mulher.

Em Bruxelas, o autarca lisboeta (sem pelouros), que foi técnico superior da Associação Intermunicipal de Água da Região de Setúbal e tem presença regular em debates e comentários na televisão por cabo SIC Notícias, é membro efetivo da Comissão das Pescas e dos Assuntos Marítimos e suplente na Comissão da Industria, Investigação e Energia, além de vice-presidente da Delegação à Assembleia Parlamentar Paritária ACP-EU (África, Caribe e Pacífico-União Europeia).

No partido, João Ferreira está entre os dirigentes da Organização Regional de Lisboa e do Setor Intelectual local do PCP.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.