Joana Marques Vidal elogiada pelos principais candidatos à presidência do Governo dos Açores


 

Lusa/AO online   Nacional   9 de Out de 2012, 09:41

Os dois principais candidatos à presidência do Governo açoriano, Vasco Cordeiro (PS) e Berta Cabral (PSD), elogiaram segunda-feira a escolha de Joana Marques Vidal para Procuradora-Geral da República, destacando as suas qualidades profissionais e pessoais.

"É uma personalidade que, pela sua experiência, dignifica o cargo e, não sendo uma açoriana de nascimento, estou convicto que é uma açoriana de coração", afirmou Vasco Cordeiro, em declarações à agência Lusa, recordando que Joana Marques Vidal "fez parte da sua carreira nos Açores", nomeadamente no Tribunal de Contas e no gabinete do Representante da República.

Para Vasco Cordeiro, trata-se de "uma escolha que responde às necessidades do presente e dá garantias, pelo seu percurso, competência e personalidade, de vir a desempenhar este cargo com sucesso".

No mesmo sentido, Berta Cabral disse à Lusa que Joana Marques Vidal é "uma excelente escolha", frisando que se trata de uma "magistrada de grande competência e independência, que reúne todas as condições para garantir que o Ministério Público exerça com eficácia a defesa do Estado de Direito".

Berta Cabral destacou o percurso profissional e cívico de Joana Marques Vidal na região, salientando a “grande sensibilidade social” que sempre demonstrou, recordando ainda o papel que desempenhou enquanto presidente da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), cargo que “desempenhou superiormente” através da delegação da APAV nos Açores.

Joana Marques Vidal, nomeada hoje para suceder Fernando Pinto Monteiro como figura máxima do Ministério Público, é a primeira mulher designada para ocupar o cargo de Procurador-Geral da República.

Prestes a completar 57 anos em dezembro, Joana Marques Vidal torna-se no quinto PGR a ser nomeado após o 25 de abril.

Filha do juiz jubilado José Marques Vidal, diretor da Polícia Judiciária nos governos de Cavaco Silva, Joana Marques Vidal, toma posse na próxima sexta-feira, para um mandato de seis anos.

Atual auditora jurídica do Representante da República para a Região Autónoma dos Açores e, em acumulação, magistrada do MP no Tribunal de Contas, Secção Regional dos Açores, em Ponta Delgada, a magistrada licenciou-se em Direito pela Faculdade da Universidade, em 1978.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.