Jardim Gonçalves aprova lista de Santos Ferreira

Jardim Gonçalves aprova lista de Santos Ferreira

 

Lusa/AO online   Economia   28 de Dez de 2007, 09:23

O fundador do BCP, Jorge Jardim Gonçalves, deu o seu aval à lista que Carlos Santos Ferreira vai hoje apresentar para a liderança do maior banco privado português, noticiam hoje os jornais diários económicos.
      “Santos Ferreira e a sua lista dão-me garantias”, titula em manchete o Diário Económico, citando uma declaração exclusiva do ainda presidente do Conselho Superior do BCP.

    O Jornal de Negócios refere que “Jardim aprova lista de Santos Ferreira”, especificando no interior que a aprovação foi feita quinta-feira, na última reunião do Conselho Superior a que o fundador do BCP presidiu.

    Na declaração ao Diário Económico, Jorge Jardim Gonçalves referiu que o nome de Carlos Santos Ferreira e das pessoas indicadas como fazendo parte da lista dão-lhe “garantias de boa governabilidade do BCP”.

    O fundador do maior banco privado português recordou que quando se demitiu a 04 de Dezembro da presidência do Conselho Superior e do Conselho Geral e de Supervisão o fez no pressuposto de que os accionistas iriam apoiar uma lista que desse garantias de “boa governabilidade” à instituição.

    Na altura da renúncia, Jardim Gonçalves tinha apoiado Filipe Pinhal para a liderança do banco, mas o actual presidente do conselho de administração executivo foi obrigado a desistir devido às investigações em curso à sua gestão por parte das autoridades de supervisão.

    As listas de nomes propostos para a futura administração e outros órgãos sociais do BCP, incluindo Conselho Geral e de Supervisão, terão de ser apresentadas hoje, último dia do prazo dado pelo presidente da Mesa da Assembleia Geral do banco.

    As propostas deverão ser apresentadas "até às 19 horas do dia 28 de Dezembro", como estabeleceu Germano Marques da Silva, a fim de ficarem "disponíveis à consulta dos accionistas a partir de 31 de Dezembro de 2007", ou seja durante 15 dias até à realização da reunião magna de accionistas.

    A única lista oficialmente conhecida até quinta-feira era para o conselho de administração do banco e liderada pelo actual presidente, Filipe Pinhal, integrando ainda o vice-presidente Christopher de Beck.

    Esta lista deverá ser retirada, depois de grande parte dos accionistas terem manifestado o seu apoio a outra, liderada por Carlos Santos Ferreira.

    Carlos Santos Ferreira entregou, na quinta-feira, a accionistas do BCP a lista candidata ao conselho de administração do maior banco privado português, que tem uma maioria de membros oriundos da própria instituição financeira, apurou a agência Lusa de fonte ligada ao processo.

    Santos Ferreira leva consigo Armando Vara e Vítor Fernandes, administradores da CGD, e incluiu também quatro quadros do BCP, Paulo Macedo, José João Guilherme, Nelson Machado e Luís Pereira Coutinho.

    Esta alternância surge depois dos últimos desenvolvimentos em torno das averiguações a operações realizadas pelo banco pondo em causa a idoneidade de membros da actual e anteriores gestões, nomeadamente a intervenção, na semana passada, do Banco de Portugal, que se reuniu com alguns dos maiores accionistas do banco.

    A AG do BCP está agendada para o dia 15 de Janeiro e vai eleger o Conselho de Administração para o mandato 2008-2010 e alguns membros para o Conselho Superior (onde se sentam os principais accionistas) e Conselho Geral e de Supervisão, cuja presidência Jardim Gonçalves abandona formalmente a 31 de Dezembro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.