Japão quer explorar fundo marinho para novos recursos e fontes de energia


 

Lusa / AO online   Internacional   27 de Abr de 2010, 12:20

O Japão vai começar a explorar o fundo marinho das suas águas territoriais para aceder a novos recursos como metais raros utilizados no fabrico de equipamentos electrónicos ou automóveis, refere um plano que o Governo está a ultimar.
O plano, que deverá ser aprovado pelo Executivo em Junho, pretende reforçar a exploração da Zona Económica Exclusiva do Japão de forma a captar recursos que poderiam ser utilizados por volta do ano de 2020.

A exploração incidirá sobre os depósitos hidrotermais do fundo marinho, que contêm metais raros numa área de cerca de 340.000 quilómetros quadrados do Mar da China oriental e no Oceano Pacífico, a sul de Tóquio.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.