Isabel II anula festa de Natal devido à crise


 

Lusa/AO online   Internacional   14 de Out de 2010, 18:13

A rainha Isabel II anulou a recepção que costuma dar de dois em dois anos ao pessoal por ocasião do Natal, alegando que é necessário “mostrar uma certa contenção” nos actuais difíceis tempos económicos, foi anunciado esta quinta-feira.
“Tendo em conta o actual ambiente económico, foi considerado oportuno mostrar uma certa contenção”, declarou um porta-voz do palácio de Buckingham, residência londrina da rainha.

Este ano, a festa estava prevista para 13 de Dezembro e cerca de 1200 empregados domésticos, incluindo secretários, tinham sido convidados, segundo o jornal britânico The Sun.

A «Christmas Party», financiada com fundos privados da rainha, custa cerca de 50 000 libras (57 mil euros), segundo o jornal. O palácio não confirmou estes dados.

O governo britânico impôs em Junho um programa de austeridade sem precedentes que visa eliminar a quase totalidade do défice público (10,1 por cento do Produto Interno Bruto), um dos mais elevados dos países desenvolvidos.

A austeridade não poupou a família real, que teve de aceitar um congelamento da “lista civil”, os fundos públicos destinados a cobrir as despesas correntes da rainha e do marido.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.