Direitos Humanos

Irão recusa cooperar com peritos da ONU


 

Lusa / AO online   Internacional   17 de Fev de 2010, 15:42

O Irão recusou esta quarta-feira cooperar com os relatores especiais da ONU que querem investigar as alegações de violações de direitos humanos, nomeadamente torturas, em resposta ao pedido de vários países ocidentais na sequência da repressão da oposição.
O Conselho de Direitos Humanos da ONU aprovou esta quarta-feira o relatório sobre o debate de segunda-feira em Genebra, durante o qual foi apresentada mais de uma centena de recomendações às autoridades de Teerão.

Em resposta, as autoridades iranianas asseguraram que vão analisar a possibilidade de "responder positivamente aos pedidos de visita apresentados pelos relatores especiais da ONU" mas frisaram que as recomendações para uma "cooperação com os relatores especiais, incluindo o da tortura, não têm o apoio" de Teerão.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.