Irão pede à UE que use "poder político" para pressionar "aliados dos terroristas"

Irão pede à UE que use "poder político" para pressionar "aliados dos terroristas"

 

LUSA/AO Online   Internacional   29 de Out de 2016, 15:24

O presidente do Irão, Hasan Rohani, apelou hoje à chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Federica Mogherini, para que use "o poder político para pressionar" os "aliados locais dos terroristas".

Citado na página oficial da internet da presidência iraniana, Rohani disse que “se a UE, seja por que motivo for, não está interessada em ter uma presença militar na região para lutar contra o terrorismo, usar o poder político para pressionar os partidários locais dos terroristas e cortar as suas ajudas pode ter efeitos significativos”. “Se não se luta de maneira séria com os terroristas da região, no futuro assistiremos a vários governos e Estados terroristas na zona e no norte de África e, nesse caso, seria muito difícil lutar contra eles”, declarou. Rohani recordou que a prioridade da Síria e do Iraque é precisamente a luta contra o terrorismo e sublinhou que para o Irão “é importante a segurança, a luta contra o terrorismo, a unidade, a integridade do território e o futuro da Síria”. O presidente destacou a necessidade de cooperação mútua entre a UE e o Irão para garantir o quanto antes a segurança na região e reiterou que “o problema da Síria não tem uma solução militar e deve ser resolvido com métodos políticos”. Mogherini considerou, por seu lado, que “a experiência diplomática pode ser bem sucedida na hora de resolver” os problemas, “incluindo a questão da Síria e do Iémen”. “A UE precisa da colaboração do Irão como um poder chave e importante para resolver os problemas e dilemas da região”, adiantou a mesma responsável. O Irão é, a par da Rússia, o principal aliado do presidente sírio, Bachar al Assad, e desde o início do conflito que tem recusado que este abandone o poder durante a transição do país, como exigem a oposição síria e países como os Estados Unidos, a Turquia e a Arábia Saudita.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.