Investigadores descobrem como sinais de pele benignos se transformam em melanoma

Investigadores descobrem como sinais de pele benignos se transformam em melanoma

 

Lusa/Açoriano Oriental   Ciência   23 de Mai de 2017, 17:48

Investigadores de uma universidade alemã descobriram como os sinais de pele castanhos se transformam em cancro de pele, usando tecnologia robótica.

O grupo de peritos da Universidade Erlangen-Nuremberga descobriu que a o bio marcador 'ADAM 10' é ativado durante a transformação dos sinais.

O bio marcador está normalmente inativo em pele saudável e só é ativado perante uma resposta imune. Este mecanismo é conhecido, por exemplo, em casos de psoríase ou rosácea.

Até agora, conheciam-se as razões pelas quais as mutações genéticas foram responsáveis pela transformação dos sinais benignos em tumores malignos, mas pouco se sabia sobre o que acontece às proteínas e bio marcadores quando se desenvolve um melanoma.

Os investigadores usaram um novo tipo de robô que permite investigar processos de desenvolvimento em amostras de pele a nível celular, tirando uma foto a amostras de tecido, processo que vai sendo repetido e que produz uma sequências de imagens diferentes da mesma amostra.

Segundo a Universidade Erlangen-Nuremberga, a atual pesquisa pode vir a simplificar os métodos de diagnóstico no futuro e sugere também que cosméticos e cremes com alumínio devem ser evitados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.