Instituto Açoriano de Cultura assinala 1.º de Maio com exposição e documentário

Instituto Açoriano de Cultura assinala 1.º de Maio com exposição e documentário

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   26 de Abr de 2018, 17:39

O Instituto Açoriano de Cultura (IAC) celebra o 1.º de Maio, em Angra do Heroísmo, com uma exposição e um documentário, que resultam de um levantamento sobre as comemorações, desde a década de 1970, na ilha Terceira.

"Com esta iniciativa pretende-se, por um lado, dar início a um trabalho de preservação do património imaterial e, por outro lado, recordar alguns momentos marcantes do espírito sindical e da expressão que teve na primeira cidade portuguesa a ser classificada pela UNESCO como Património Mundial, assinalando o papel que desempenhou na aproximação das civilizações", adiantou o IAC, em comunicado de imprensa.

A exposição, a inaugurar no dia 01 de maio, pelas 18:00 (mais uma hora em Lisboa), no Teatro Angrense, resulta de um trabalho de recolha de material sobre as comemorações deste dia, coordenado por José Olívio Mendes, Milton Sarmento e Paulo Borges.

A mostra, que estará patente durante todo o mês de maio, apresenta uma cronologia das festas do 1.º de Maio, acompanhada por material iconográfico e, após a inauguração, será exibido um documentário realizado em parceria com a RTP-Açores.

O trabalho será disponibilizado às escolas dos Açores, porque o objetivo, segundo o Instituto Açoriano de Cultura, é preservar e divulgar as comemorações do 1.º de Maio, "tendo em conta a sua importância histórica e cultural e o valor único e de durabilidade representativa simbólica/material que possuem, quer para a comunidade, quer para a ilha, quer para a região ou para o país".

"O 1.º de Maio é indissociável do trabalho e de tudo o que lhe anda associado. Em momentos de transformação política e económica e social, como os que sucederam ao 25 de Abril de 1974, teve assinalável expressão nacional e regional", salientou o IAC.

As comemorações do 1.º de Maio encerram com um espetáculo da banda Medeiros/Lucas, que sobe ao palco do Teatro Angrense, pelas 21:30, em estreia na ilha Terceira.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.